5 Atividades sensoriais para berçário que estimulam os bebês
 

5 Atividades sensoriais para berçário que estimulam os bebês

5 Atividades sensoriais para berçário que estimulam os bebês

Bebês estão sempre em fase de desenvolvimento, sempre estão aprendendo com tudo ao seu redor. Atividades sensoriais são feitas para que bebês aprendam a ser mais sensíveis em relação à absorção de conhecimento. Conheça 5 atividades sensoriais que podem ser praticadas em berçários para ajudar a desenvolver os bebês.

Pesquisas recentes sugerem que o ambiente é muito influenciador no desenvolvimento da personalidade humana. Isso aponta uma necessidade muito grande de estimular o bebê positivamente em diversos aspectos, principalmente nos aspectos sensoriais.

É na primeira infância (do nascimento até mais ou menos 5 anos) que a criança absorve absolutamente tudo à sua volta, e o cérebro começa a fazer a maior parte das sinapses. E essa ativação de neurônios acontece justamente através da exploração dos 5 sentidos. Por isso, é muito importante considerar a criação de uma sala de estímulos para bebês quando se trata da criação de um berçário. O ambiente deve ser acolhedor e ao mesmo tempo instrutivo, com atividades sensoriais, para que as crianças se desenvolvam com muito carinho e amor.

1. Garrafas sensoriais

Garrafas sensoriais são uma ótima ideia para quem pretende realizar atividades sensoriais! Isso porque muitas vezes elas podem estimular muito mais que um, dois ou três sentidos! Para fazê-la é necessário apenas uma garrafa PET comum e brinquedos/objetos que sejam coloridos, barulhentos ou até mesmo gostosos de se tocar.  A atividade começa quando colocamos esses objetos dentro da garrafa, e a partir dai a imaginação é a melhor aliada para divertir o bebê. A garrafa pode ser usada de chocalho; pode surpreender o bebê com o surgimento de diversos objetos estranhos e divertidos; pode servir como aliada para o desenvolvimento psicomotor, enfim: uma grande quantidade de atividades a partir de uma só!

(foto do site www.tempojunto.com)

2. Bolas de algodão e papel contact

Outra atividade sensorial muito legal para os bebês é o uso de papel contact para que as crianças brinquem com bolinhas de algodão coloridas (vendidas em farmácias).  Para fazer é só colar o papel contact com fita adesiva na parede, com a cola virada para fora. Elas podem colar as bolinhas ao longo do papel contact, desmontá-las, montá-las novamente. Assim o bebê estimula seu tato, e sua visão. Uma ideia pode ser colocar o papel contact em uma altura que estimule os bebês à ficarem em pé.

(foto do site www.tempojunto.com)

3. Tamborzinho com latinhas de metal

O sentido auditivo também deve ser estimulado! Para isso é necessário apenas uma latinha de metal, como por exemplo as de leite em pó, chocolate em pó etc. Você pode explorar uma quantidade de grãos ou bolinhas para colocar dentro da lata e produzir barulho. Para finalizar a latinha, recomenda-se o uso de um bexiga cortada, de forma à usar o plástico, preso com uma fita crepe, para tampar a lata e trazer mais curiosidade ao seu bebê.

(foto do site www.tempojunto.com)

4. Quadro sensorial

Uma atividade sensorial que estimula bastante o tato é o quadro sensorial, que é bem simples de se fazer.  É preciso apenas alguma superfície mais concreta, como por exemplo uma parede, um quadrado de madeira ou papelão. A intenção é colar uma série de panos, tecidos e objetos com texturas diferentes e curiosas. Isso irá aguçar a curiosidade do bebê, que entra em contato com o brinquedo pela não familiaridade com os diversos tipos de textura. Em um berçário, a sala de estímulação para bebês deve ser inteira sensorialmente estimulante e cheia de texturas: desde os pisos escolhidos, os brinquedos até as paredes. Confira aqui como montar uma sala de estímulos com todos esses elementos!

(Quadro sensorial feito por Ali Leonard)

5. Caixa de surpresas

Uma brincadeira bem tradicional, que entretém os bebês há décadas. A caixinha de surpresas é uma atividade que envolve uma caixa, podendo ela ser de madeira, papelão, ou qualquer outro material, com furos e encaixes em diversos tamanhos. A tarefa do bebê se resume à colocar na caixa objetos que se encaixam nos buracos feitos, aprendendo a a ter noção de tamanho, forma. Outro aprendizado construído a partir dessa brincadeira é o mesmo da garrafa sensorial, pois o bebê aprende que mesmo não sendo possível ver determinados objetos, pois estão dentro da caixa, eles ainda existem.

(foto do site www.mildicasdemae.com.br)

 

As atividades sensoriais são muito importantes para a construção do ambiente do berçário. É nele que as crianças passaram suas tardes disponíveis, sendo necessário que elas se divirtam e trabalhem em suas atividades cognitivas. Esse é o papel fundamental de toda criança!

Abraços e até o próximo post!

Ateliê Urbano
atelieurbano@atelieurbano.com.br

Unir criatividade, técnica e inovação em seus projetos é o sonho de todo arquiteto, e quando o Ateliê Urbano nasceu em 2003 era esse o nosso objetivo. Hoje nos sentimos realizadas em ver que nosso trabalho nos fez conseguir algo ainda maior do que o objetivo inicial. Hoje realizamos sonhos.

Sem comentários

Faça um comentário

× Fale com nosso time!