Projeto de escola de capacitação médica na Vila Mariana - Ateliê Urbano
 

Projeto de escola de capacitação médica na Vila Mariana

Categoria
Projetos Escolares
Sobre o projeto

A Cetrus é um centro de ensino de diagnóstico por imagem localizado na zona sul de São Paulo.

Em 2018 eles criaram um curso superior de Gestão hospitalar e para que este curso entrasse em vigor já em 2019 era preciso toda a adaptação da estrutura existente para as exigências do MEC.

Foram dois projetos em um. Para que as novas instalações pudessem ser executadas, parte do setor administrativo teve que mudar de prédio e esta foi a primeira parte do projeto. Criamos os layouts e o projeto executivo para os novos escritórios num edifício próximo à atual sede.

Terminada esta etapa passamos para a próxima fase: a adequação às exigências do MEC para instituições de ensino superior.

Além de toda a adequação de acessibilidade em todos os andares que foi necessária era preciso: alterar todo o térreo para a criação de uma grande área de convivência, criar uma biblioteca e criar toda a infraestrutura de escritórios e salas para os professores.

No térreo o maior desafio era transformar a parte dos fundos do prédio em um local agradável, os fortes ventos e o sol diário eram nossos problemas a serem resolvidos. Criamos uma área arborizada com um espelho d’água que trazia a umidade necessária e uma grande pérgola que protegeu contra o sol inclemente.

Bancos, mesas e cadeiras hoje compõem um espaço agradável utilizados diariamente pelos alunos e também como ambiente para eventos da Cetrus. Optamos por usar bastante a madeira que tirou a aridez do local e o piso rústico também contribui para um ambiente mais acolhedor.

O andar da área administrativa sofre intervenções menores. Remodelamos o layout de acordo com as exigências da lei e aproveitamos ao máximo a estrutura existente, muitos móveis foram reutilizados assim como aparelhos de ar condicionado e o piso que estava em ótimo estado.

A biblioteca ocupa um andar inteiro e o resultado aqui realmente foi surpreendente. Dividimos o ambiente em setores que facilitam a circulação e delimitam seu uso de forma bem clara.  

Saindo do hall do elevador vemos um grande balcão de recepção e a área do acervo. Em seguida temo uma grande mesa coletiva para trabalhos em grupo. Mais a frente há um balcão para pesquisas em que os alunos podem levar os seus notebooks e trabalhar conectados à internet.

Capsulas com mesas servem para trabalhos em grupos menores assim com as duas salas de vidro ao fundo.

O restante do espaço é um grande longe com mesas, sofás e pufes para conversar e discussões mais informais, contemplando assim todo o tipo de necessidade que os usuários deste espaço possam ter.

Ainda neste andar há uma grande sala para palestras com convidados e para desenvolvimento de workshops específicos.

Todo este andar tem cores mais sóbrias e iluminação abundante, escolhemos a madeira como material principal no ambiente, mas o piso de carpete em placas também está presente em algumas áreas.

O MEC deu nota 5 para a estrutura física e ficamos felizes em ter passado com louvor por esta etapa da avaliação para o ensino superior.

O espaço já está em funcionamento e parte do êxito deste trabalho vem também da equipe da Cetrus que sempre colaborou para que o projeto de arquitetura fosse de encontro às suas necessidades.

Espaços de ensino superior tem requisitos bem específicos que muitas vezes deixam a instituição confusa e perdida. Nossa equipe tem o conhecimento necessário para auxilia-lo nesta jornada.

× Fale com nosso time!