Como desenvolver projetos de Sala Maker para a sua escola - Ateliê Urbano
 

Como desenvolver projetos de Sala Maker para a sua escola

Como desenvolver projetos de Sala Maker para a sua escola

Hoje nós vamos analisar o que é preciso para elaborar um projeto de Sala Maker na sua escola

Sua escola está acompanhando as transformações do mercado? Aposto que você já percebeu como os alunos (e os pais) estão muito mais interessados na interatividade das tarefas escolares. Interatividade reflete em grande medida o conceito de Sala Maker.

Hoje nós queremos conversar sobre essa nova tendência. O nosso objetivo é contextualizar para você quais são os benefícios de adotar uma Sala Maker na sua escola e como ela será importante para o desenvolvimento dos seus alunos.

Muito mais do que mostrar projetos inspiradores, queremos que você compreenda as razões que fazem desta nova metodologia um sucesso.

Quanto tempo precisaremos? Menos de 5 minutos, é o nosso compromisso.

O que acha, quer aprender sobre Sala Maker?

O que é a tal interatividade?

Esse termo guarda-chuva pode ser utilizado para diversas situações, contudo, hoje falaremos dele como a capacidade dos alunos de adquirirem conhecimento por meio da experiência. Em resumo: que os estudantes possam colocar a mão na massa.

Como a interatividade está transformando as escolas e qual é a relação da Sala Maker?

A interatividade moderna não está transformando apenas as escolas, em realidade, todas as nossas relações sociais estão completamente diferentes. Faça um teste: você certamente resolveu problemas hoje, quais foram as ferramentas utilizadas na resolução? Como você resolveria os mesmos problemas, digamos, há 10 anos?

“O Maker trabalha com isso: o espírito maker faz uso das novas possibilidades para encontrar respostas melhores aos problemas do cotidiano.”

Neste cenário, o papel da Sala Maker é formar uma geração de futuros makers. Ou seja, pessoas que tomem atitudes criativas para a solucionar os problemas do futuro.

A Sala Maker pode ser considerada um passo extra em direção ao desenvolvimento dos alunos. Ela segue uma linha de evolução natural: a tecnologia aumentou as possibilidades na educação e a Sala Maker é a materialização dessa tendência. Um espaço para que os alunos possam interagir e criar com a tecnologia.

A Sala Maker vende imaginação

Se a tendência aponta para que cada vez mais os dispositivos tecnológicos sejam utilizados em salas de aula — até o próprio conceito de sala de aula está se transformando — então é preciso repensar toda a arquitetura escolar.

Desenvolver uma Sala Maker é um passo para que você entre em contato com esse novo universo de ensino.

Ao dizer que na sua escola você tem um espaço de Sala Maker, você estará dizendo “na nossa escola, nós prezamos a imaginação dos alunos”. Afinal, é exatamente isso que o espiríto maker defende, o uso e a valorização da imaginação.

Qual é a idade ideal para utilizar uma Sala Maker

Podemos dizer que não existe uma idade mínima para que os alunos possam participar da Sala Maker. Tudo depende da aplicação e dos objetos de ensino utilizados em cada sala.

Claro que algumas atividades com microcomputadores, por exemplo, exigem que os alunos tenham idades maiores, contudo, é possível elaborar uma Sala Maker para todas as idades.

A grande jogada dela é criar um espaço multidisciplinar. Com a orientação dos professores, os alunos aprenderão sobre todas as disciplinas e técnicas de estudo.

Atividades da Sala Maker na prática

Sabemos quais são as vantagens e os objetivos da Sala Maker na teoria, mas como ela funciona na prática? Você deve estar pensando: o que eu preciso colocar na minha escola para construir uma Sala Maker?

Bancadas e ferramentas, como trabalhar na Sala Maker

O modelo mais básico de Sala Maker funciona com uma bancada central e as ferramentas  dispostas nas paredes da sala. Desse modo, os alunos irão trabalhar uns ao lado dos outros, ao mesmo tempo em que precisam movimentar-se pela sala.

Esse modelo relativamente simples pode ser implementado em praticamente qualquer escola. Temos certeza de que você tem um espaço aí que pode ser separado para a construção de uma Sala Maker.

Lições que podem ser aprendidas

Ensinar sobre cooperação

Uma ótima maneira de ensinar o conceito maker aos seus alunos é criar um ambiente de cooperação. Utilize a Sala Maker para que eles possam construir algo juntos.

Essa experiência aumentará a capacidade dos alunos de dar e receber opiniões. Um professor estará presente para facilitar e incentivar o relacionamento entre os alunos.

Resolução de problemas

A Sala Maker pode ser utilizada para a resolução de um simples problema: como desenvolver um robô para amassar latinhas de alumínio, por exemplo.

Você verá que seus alunos descobrirão passos que não parecem óbvios para os adultos. Faz parte da magia, ver como a imaginação pode ser utilizada para a elaboração de diversas soluções.

Acostumar-se com o recomeço

Como você se sente quando comete um erro? Todos nós erramos e todos estamos constantemente procurando novos caminhos para que os erros antigos não sejam repetidos.

Ela será importante para que os seus alunos saibam trabalhar a capacidade de absorver os ensinamentos de um erro e seguir em frente. Nela os alunos farão muitas experiências, nem sempre as tentativas darão certo, o que resultará em ótimas oportunidades de aprendizagem.

Quer construir uma Sala Maker? Contrate um escritório de arquitetura

Agora que você já compreendeu quais são todas as vantagens e as aplicações dessa nova tendência, está na hora de saber como utilizá-la na sua escola.

O melhor caminho é procurar um escritório de arquitetura especializado em escolas e colégios. Assim você poderá ter tranquilidade de que os projetos serão bem elaborados e feitos com todo o cuidado.

Quer saber mais sobre o assunto? Entre em contato conosco. Estamos disponíveis para responder à todas as suas perguntas.

Deixamos o convite para que você acompanhe o nosso blog. Trazemos informações e novidades sobre arquitetura para escolas e quais são as tendências do mercado.

Ateliê Urbano
atelieurbano@atelieurbano.com.br

Unir criatividade, técnica e inovação em seus projetos é o sonho de todo arquiteto, e quando o Ateliê Urbano nasceu em 2003 era esse o nosso objetivo. Hoje nos sentimos realizadas em ver que nosso trabalho nos fez conseguir algo ainda maior do que o objetivo inicial. Hoje realizamos sonhos.

Sem comentários

Faça um comentário

× Fale com nosso time!